top of page

Trump é considerado culpado por fraude


Um tribunal civil do estado de Nova York emitiu um veredicto nesta terça-feira (27), responsabilizando o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, e sua empresa familiar por inflar ilegalmente seu patrimônio líquido.


A procuradora-geral do Estado, Letitia James, processou Trump e a Organização Trump em setembro passado, alegando que ele mentiu sobre seu patrimônio líquido por uma década.


O juiz Arthur Engoron concluiu que Trump aumentou o valor de seus ativos em uma quantia significativa, de 2,23 a 3,6 bilhões de dólares, a fim de obter vantagens em empréstimos bancários, seguros e outros aspectos financeiros. Propriedades notáveis, como Mar-a-Lago na Flórida e sua cobertura na Trump Tower, foram citadas na decisão como ativos cujo valor foi inflado.


O juiz Engoron apoiou as alegações de Letitia James e rejeitou a defesa de Trump como sendo “totalmente sem base legal ou factual”. Um julgamento para resolver as várias alegações do processo está programado para começar na segunda-feira. Trump também enfrenta várias acusações criminais e controvérsias legais em curso.


Fonte: Gazeta Brasil

37 views0 comments

Comments


bottom of page