top of page

Senado aprova reajuste salarial de 18% para segurança pública do DF


O Senado aprovou em Plenário, nesta quarta-feira (1º), o projeto que reajusta em 18% o salário de bombeiros e policiais civis e militares do Distrito Federal. Já aprovada na Câmara, a proposta seguirá para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


  • 1ª parcela: 9% de reajuste, paga quando o governo editou medida provisória (entenda mais abaixo);

  • 2ª parcela: 9% de reajuste, em janeiro de 2024.

O reajuste, acordado entre o governo federal e o governo do DF, será pago com recursos do Fundo Constitucional do Distrito Federal (FCDF). A primeira parte da atualização salarial foi possível em julho, quando o vice-presidente Geraldo Alckmin, então presidente em exercício, editou uma medida provisória que autorizava o pagamento. No entanto, a MP perde validade em novembro. De acordo com a proposta, o pagamento da primeira parcela vai representar impacto orçamentário de R$ 372,2 milhões até o fim deste ano. Já a segunda deverá custar R$ 685 milhões até o fim de 2024. Além da recomposição salarial nas forças de segurança do DF, o projeto também autoriza reajuste para:

  • quadros em extinção de policiais e bombeiros militares do Amapá, de Rondônia e de Roraima — extintos territórios federais;

  • quadros do antigo Distrito Federal, com pagamento em parcela única.

O texto também autoriza o GDF a criar uma indenização a bombeiros e policiais militares e civis do DF — ativos, inativos e pensionistas — por desgastes orgânicos e mentais relacionados ao exercício das funções. O financiamento dessa compensação não poderá impactar os recursos destinados pelo FCDF e deverá estar previsto no Orçamento do Distrito Federal. O projeto permite, ainda, que a cessão de militares e policiais civis do DF para cargos comissionados ou de confiança no Poder Legislativo. "A proposição, dessa forma, demonstra atenção à realidade vivenciada pelos integrantes das forças policiais do Distrito Federal e lhes confere amparo adequado", escreveu o relator, senador Weverton (PDT-MA).

  • SEM FOLGA: Distrito Federal não terá ponto facultativo nesta sexta-feira (3)

  • DETETIVES SHERLOCK E FIONA: conheça os novos 'pets investigadores' do Batalhão de Policiamento com Cães do DF

FONTE- G1

106 views0 comments

Comments


bottom of page