top of page

Primeiro-ministro da Espanha dissolve Parlamento e convoca novas eleições


Nesta segunda-feira (29), o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, anunciou a dissolução do Parlamento do país e anunciou que as eleições legislativas, inicialmente previstas para dezembro, ocorrerão no dia 23 de julho.


O anúncio de Sánchez, que é líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), acontece depois da derrota do PSOE nas eleições regionais e municipais de domingo para o partido conservador Partido Popular (PP).


O PP assegurou maioria absoluta na região de Madri, por exemplo. Das 12 regiões que foram a voto, o PSOE poderá conquistar apenas 3 (a contagem ainda não terminou), e isso mediante a acordos.


Já o PP conquistou pelo menos 5 regiões, além de municípios considerados importantes no cenário eleitoral.


Porém, o fato de o PP não ter conseguido garantir as maiorias necessárias em muitas das regiões significa que o partido também terá de fazer acordos com o outro partido de direita Vox, que também aumentou sua participação nas eleições de ontem.


Fonte: Gazeta Brasil

33 views0 comments

コメント


bottom of page