top of page

MP italiano emite parecer favorável ao envio dos vídeos do "ataque" a Moraes para o Brasil




O Ministério Público da Itália apresentou um parecer favorável à Justiça do país para o envio de vídeos em que mostram o suposto ataque ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), no Aeroporto Internacional de Roma, segundo informações do Uol.


A Justiça italiana apresentou um pedido ao MP do país para se posicionar sobre o envio das imagens às autoridades brasileiras.


Com o parecer favorável, as autoridades italianas devem encaminhar para o Brasil os vídeos do aeroporto. Ainda não há uma data definida.


O empresário Roberto Mantovani Filho, a esposa Andreia Mantovani e o genro Alex Zanatta Bignotto são suspeitos de terem hostilizado o ministro e a sua família no aeroporto de Roma.

A Polícia Federal (PF), que investiga o caso, solicitou em julho o acesso às imagens do circuito de segurança interno para analisar o episódio.


A confusão teria começado depois que Andreia chamou Moraes de “bandido, comunista e comprado”. Na sequência, Roberto Mantovani teria gritado e dado um tapa nos óculos do filho do ministro.


Depois da agressão, o trio teria continuado a disparar xingamentos contra o ministro do STF. Moraes estava na Itália para participar do Fórum Internacional de Direito, na Universidade de Siena.


Em depoimento à PF, o ministro do STF informou que o trio teria acusado ele de ter “fraudado as urnas e roubado as eleições”.


Roberto Mantovani Filho, Andreia Mantovani e Alex Zanatta Bignotto respondem ao processo em liberdade. Em 18 de julho, a PF cumpriu mandados de busca e apreensão em casas ligadas aos suspeitos.


Fonte: Agora Notícias

164 views0 comments

Comentários


bottom of page