top of page

MEC aciona PF para investigar vazamento de imagens do Enem


O Ministério da Educação (MEC) acionou novamente a Polícia Federal (PF) neste domingo (12) para investigar o vazamento de imagens do Enem. As fotos começaram a circular na internet por volta das 17h, antes do horário permitido para sair do local de aplicação da prova.


Segundo o edital do exame, só é permitido sair do local com a prova após as 18h. O MEC afirma que as imagens que circularam na internet são verdadeiras e que a PF já identificou oito pessoas que as divulgaram.


O ministro da Educação, Camilo Santana, disse que o vazamento não prejudica os exames, pois não houve confirmação de nenhum vazamento antes do início da prova.


“Quero comentar dois fatos que ocorreram neste segundo dia. Primeiro foi a circulação de imagens da prova por volta das 17h, ou seja, uma hora antes do horário autorizado para sair do ambiente da aplicação com o teste impresso. Nós imediatamente acionamos novamente a Polícia Federal”, disse o ministro.


“A prova tinha sido iniciada às 13h30. Todos os portões estavam fechados quando, três horas e meia depois, houve essas circulações”, disse Santana.


Santana também informou que, qualquer candidato que tenha se sentido prejudicado durante a aplicação das provas, pode pedir a reaplicação do exame entre os dias 13 ao dia 17 de novembro. Os exames de reaplicação serão realizados nos dias 12 e 13 de dezembro.


O gabarito da prova será divulgado em 24 de novembro. Já os resultados serão publicados no dia 16 de janeiro de 2024.


Fonte: Gazeta Brasil

19 views0 comments

Комментарии


bottom of page