top of page

Lula vai criar o Ministério da Pequena e Média Empresa para agradar o centrão


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta terça-feira, 29, a criação de mais um ministério, que se somará às 37 pastas já existentes. Será o Ministério da Pequena e Média Empresa, disse o petista. O anúncio ocorre em meio às discussões sobre uma reforma ministerial para acolher o centrão.


“Nós vamos criar, eu estou propondo a criação do Ministério da Pequena e Média Empresa, das cooperativas e dos empreendedores individuais”, disse Lula durante a live semanal transmitida pelas redes sociais do petista. “Para que tenha um ministério específico para cuidar dessa gente que precisa de crédito e de oportunidade.”


O presidente, ao responder sobre desenvolvimento e geração de emprego, disse que o novo ministério vai ajudar as pessoas que querem empreender.


Na live, ele não mencionou as discussões com o PP, partido do presidente da Câmara, Arthur Lira (AL), e com o Republicanos, que também pretende ingressar no governo com o comando de pelo menos um ministério.


Nos bastidores, é dado como certo que os deputados Silvio Costa Filho (Republicanos-PE) e André Fufuca (PP-MA) vão assumir ministérios no governo Lula, embora as pastas não estejam definidas.


Apesar do possível ingresso dos dois partidos no governo petista, os presidentes do PP, senador Ciro Nogueira (PI), e do Republicanos, deputado Marcos Pereira (SP), classificam as legendas como de direita e afirmam que as siglas vão continuar independentes.


Nogueira, que já foi aliado ao PT, afirma que, até o fim dos seus dias, jamais se aliará novamente ao partido. Já o Republicanos tem Tarcísio de Freitas, governador de São Paulo, como um dos principais expoentes. Recentemente, Tarcísio disse que é leal a Jair Bolsonaro, de quem foi ministro, e que pondera deixar seu partido se houver uma aliança formal com Lula.


Em entrevista exclusiva à Revista Oeste, Tarcísio reforçou sua postura como aliado do ex-presidente. “Para mim, o líder da direita é Bolsonaro”, disse ele. A íntegra da entrevista com o governador de São Paulo está disponível na Edição 179 da Revista Oeste.


Fonte: Revista Oeste


13 views0 comments

Comments


bottom of page