top of page

Governo de SP estuda a privatização da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae)


Na quarta-feira (21), o governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Parcerias em Investimentos (SPI), realizou a primeira reunião de trabalho com os consultores do Banco Genial para iniciar os estudos de pré-viabilidade e modelagem da privatização da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae).


Esses estudos têm como objetivo avaliar, estruturar e executar a venda dos ativos mobiliários detidos pelo governo paulista na EMAE. O contrato foi estabelecido na modalidade de menor preço, e a instituição receberá uma remuneração de 0,69% sobre o valor das ações alienadas no processo. No total, foram recebidas 17 propostas, que podem resultar em investimentos de até R$ 192,3 bilhões.


A EMAE é uma empresa de capital aberto controlada pelo estado de SP e atua no setor de geração de energia hidrelétrica. Ela opera usinas hidrelétricas, usina termelétrica, barragens, represas, usinas elevatórias, além dos canais Pinheiros e Guarapiranga, e as represas Billings e Guarapiranga, todos localizados na região metropolitana de São Paulo.


Créditos: Conexão Política.

13 views0 comments

Comments


bottom of page