top of page

Fux diz que Congresso deve parar de judicializar a política


Nesta sexta-feira (12), o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF) criticou a judicialização da política. Segundo o magistrado, deputados federais e senadores devem parar de acionar o STF em questões que cabem ao Congresso Nacional legislar. A declaração ocorreu durante o seminário Direito na Indústria, realizado pela Firjan no Centro do Rio.


“Em primeiro lugar, o Parlamento deve assumir o custo social. O que não pode haver é essa judicialização que tem havido. Tudo eles vão ao Supremo Tribunal Federal porque não querem pagar o custo social de uma deliberação que não agrade o povo” disse Fux.


Fux destacou, que apesar dos ministros do STF não serem eleitos, o Judiciário deve ter o respeito da população para que atentados como o do dia 8 de janeiro, na Praça dos Três Poderes, não se repitam.


“Há questões que o judiciário não tem competência legal. Como sobre o código florestal, por exemplo, nós que vamos dizer o que é certo? Nós não temos nem formação para isso. É preciso que não haja esse excesso de judicialização nem da justiça, nem das questões sociais”, destacou o minustro do STF.


Fonte: Gazeta Brasil

22 views0 comments

Comentarios


bottom of page