top of page

França aprova lei que pode prender influenciadores digitais

O Poder Legislativo da França aprovou o projeto de lei voltado a regular a atuação de influenciadores digitais.


Idealizada por deputados do Partido Socialista, a proposta já havia tido o aval da Assembleia Nacional (órgão equivalente à Câmara dos Deputados). Na quinta-feira 1º, foi a vez do tema receber o sinal verde do Senado do país europeu.


Segundo o site da Radio France Internationale (RFI), o projeto de autoria dos socialistas franceses impõe série de restrições a conteúdos patrocinados nas redes sociais.


A saber, são aqueles materiais que empresas pagam para produtores digitais promoverem serviços ou produtos em seus perfis.


De acordo com a proposta, que já entra em vigor, a divulgação de cirurgias plásticas pelos influencers está, por exemplo, proibida. A proibição ou limitação também recai sobre outros produtos e serviços médicos.


Fonte: Revista Oeste

14 views0 comments

Comments


bottom of page