top of page

Fox News tenta silenciar Tucker Carlson


A Fox News alegou que o ex-apresentador Tucker Carlson violou seu contrato de trabalho ao lançar um novo talk show no Twitter, argumentando que a rede tem direitos exclusivos sobre seus serviços.


O conselheiro geral da Fox News, Bernard Gugar, enviou uma carta na noite de terça-feira aos advogados de Carlson, alertando que a rede tomaria medidas para proteger seus direitos contratuais, informou a Axios na quarta-feira. “Esta noite, fomos informados da aparição do Sr. Tucker Carlson no Twitter em um vídeo que durou mais de 10 minutos”, disse Gugar ao jornal. “De acordo com os termos do contrato, os serviços do Sr. Carlson serão totalmente exclusivos da Fox.”


Carlson, que ostentava a maior audiência na história do noticiário a cabo dos Estados Unidos, foi demitido pela Fox em abril, depois que a rede concordou em pagar um acordo de difamação de US$ 787 milhões à Dominion Voting Systems por supostamente fazer declarações falsas sobre a empresa. Axios disse que a Fox, que continua a pagar a Carlson seu salário contratualmente acordado, pretende mantê-lo silenciado até 2025, o que o manteria afastado das eleições presidenciais de 2024.


O talk show do apresentador no Twitter estreou na terça-feira, atraindo mais de 90 milhões de visualizações nas primeiras 24 horas. A marca máxima de audiência de seu programa no horário nobre na Fox foi de 5,3 milhões de telespectadores.


A carta de Gugar afirmava que, de acordo com o contrato de Carlson, o anfitrião estava “proibido de prestar serviços de qualquer tipo, seja pela Internet via streaming ou distribuição semelhante, ou outra distribuição digital, conhecida agora ou futuramente concebida”.


Bryan Freedman, um advogado que representa Carlson, criticou o esforço da Fox para impedir que Carlson expressasse suas opiniões. “A Fox defende sua própria existência com base na liberdade de expressão”, disse ele em um comunicado. “Agora eles querem tirar o direito de Tucker Carlson de falar livremente porque ele usou a mídia social para compartilhar seus pensamentos sobre os eventos atuais.”


Carlson acusou a Fox de fraude e alegou que os executivos da rede renegaram suas promessas, incluindo a promessa de não fazer um acordo com a Dominion “de uma maneira que indicasse irregularidades”. Axios disse que um membro do conselho da Fox disse ao apresentador que ele foi retirado do ar como parte do acordo legal.


Fonte: Gazeta Brasil

20 views0 comments

Comentarios


bottom of page