top of page

Dono da aliExpress critica do governo chinês e perde metade da empresa


Bloomberg Billionaires Index projetou nesta quarta-feira (12) que a riqueza do magnata caiu para O Bloomberg Billionaires Index estima que a fortuna de Jack Ma — cofundador da fintech Ant Group e da empresa de comércio eletrônico Alibaba — seja agora menos da metade do que era em 2020.

Na época, o pico de sua riqueza, o patrimônio de Ma foi avaliado em US$ 61,2 bilhões, ou R$ 294,4 bilhões. O fundador da Alibaba, que já foi a pessoa mais rica da Ásia, agora tem um patrimônio líquido de aproximadamente US$ 30 bilhões (R$ 144,3 bilhões), segundo dado divulgado nesta quarta-feira (12) O Bloomberg Billionaires Index calcula que apenas ao longo de 2021 a riqueza do magnata ficou US$ 4,1 bilhões (R$ 19,7 bilhões) menor.


O principal fator foi a menor avaliação do Ant Group, no qual o empresário tem uma participação de 9,9%, segundo a Bloomberg. Naquele ano, Ma realizou um discurso que descarrilhou o que deveria ser a maior venda de ações do mundo na época. Ponto de virada A perda combinada de capitalização de mercado para Ant e Alibaba totaliza cerca de US$ 877 bilhões (R$ 4,2 trilhão), de acordo com um cálculo da CNN com base nos preços de pico das ações registrados no final de outubro de 2020, mesma época em que o empresário criticou os reguladores financeiros e bancos chineses em discurso.

A crítica de Ma, feita poucos dias antes de a Ant serlistada em Xangai e Hong Kong, colocou o governo chinês em choque com a iniciativa privada no país. A situação se agravou com o endurecimento do sistema regulatório de empresas de tecnologia em toda a China. Os reguladores chineses encerraram o IPOde US$ 37 bilhões (R$ 178 bilhões) da Ant em novembro de 2020 e ordenaram que a empresa reestruturasse seus negócios. Longe dos holofotes Desde então,o bilionário se manteve mais discreto.Nos últimos anos, ele teria passado um tempo no Japão, junto do amigo e CEO do SoftBank, Masa Son, e em Hong Kong.Ma também iniciou umnovo trabalhocomo professor visitante em uma universidade de Tóquio.

Depois de passar dois anos reformulando seus negócios, Jack Ma abriu mão do controle da Ant em janeiro. Ele já havia deixadoo cargo de presidente do Alibaba em 2019, quando completou 55 anos. A Ant e suas unidades também forammultadas emUS$ 994 milhões (R$ 4,7 bilhões) pelos reguladores financeiros chineses na semana passada, por supostamente violar regras relacionadas à proteção do consumidor e governança corporativa.

Em março, o Alibaba anunciouplanos de se dividir em seis unidades separadas, cada uma supervisionada por seu próprio presidente-executivo e conselho administrativo. A empresa disse esperar que a nova estrutura permita maior agilidade e valor para os investidores.


Fonte: Terra Brasil


22 views0 comments

Comments


bottom of page