top of page

Augusto Aras, ex-PGR, relatou à segurança do MPF que seu celular foi alvo de clonagem



Augusto Aras, ex-procurador-geral da República, relatou à segurança do Ministério Público Federal que seu celular foi alvo de clonagem. Suspeitas sobre o ocorrido surgiram dois dias atrás, quando ele percebeu que chamadas destinadas a ele estavam sendo redirecionadas para uma entidade financeira.


O criminoso chegou até a enviar mensagens a terceiros, fazendo-se passar pelo ex-procurador-geral. Aras prontamente comunicou a suspeita de fraude à sua operadora de telefonia.


Ele não descarta a possibilidade de uma conexão entre o ataque ao seu celular e o aparecimento de uma “nova onda” de críticas à sua gestão na PGR. “Parece ser uma ação coordenada por alguém com intenção de me prejudicar”, afirmou o ex-procurador-geral.


Créditos: Veja

10 views0 comments

Comments


bottom of page