top of page

Após semanas, Rússia lança o maior ataque com drones contra unidades de infraestrutura da Ucrânia






Na sexta-feira (3), a Rússia lançou o maior ataque com drones contra unidades de infraestrutura da Ucrânia em semanas. Foram cerca de 40 drones Shahed lançados contra várias regiões do país, como Kharkiv, Odessa, Kherson e Lviv.


A Força Aérea da Ucrânia disse ter abatido 24 drones, que foram lançados “em ondas e se dirigiram em direções diferentes em pequenos grupos”. O míssil X-59, também lançado pela Rússia, foi interceptado.


Com os drones que atingiram o solo, a Rússia atingiu infraestruturas críticas no oeste e no sul da Ucrânia, incluindo casas particulares e edifícios comerciais em Kharkiv.


Em Lviv, na Ucrânia Ocidental, uma infraestrutura foi atingida cinco vezes. O governador regional de Odesa comunicou um ataque a uma infraestrutura na região sul.


No inverno passado, a Rússia lançou mais de 1200 ataques com mísseis e drones contra as centrais eléctricas da Ucrânia, destruindo mais de 40% das infraestruturas eléctricas do país.


A Ucrânia está se preparando para um segundo inverno de ataques aéreos russos contra o sistema energético, uma vez que as temperaturas já estão a descer em todo o país.


O Ministério britânico da Defesa afirmou que a frota de bombardeiros pesados da Força Aérea Russa não efetuou ataques aéreos com mísseis de cruzeiro contra a Ucrânia durante os meses de setembro e outubro, provavelmente porque precisava reabastecer o seu cada vez menor stock de mísseis de cruzeiro.


Fonte: Gazeta Brasil

5 views0 comments

Kommentare


bottom of page